quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

sombras .

Aos poucos fraquezas apoderam-se de mim, tornando-me mais vulnerável e frágil
Sombras puxam-me pelas pernas, fazendo-me cair
Talvez um dia me levem com elas, para longe de ti
Espero ter forças para continuar a lutar, por ti e por tudo
Pois os sentimentos são mais fortes que simples sombras do passado
E tempo era algo em que gostaria de recuar, mudar o certo e o errado
Talvez nem importe o que digam, terceiros e apenas puro egoísmo
Mascarado com base e rimel, beleza falsa, apenas superficial
Não, a simplicidade é mais bela que certos luxos !

Sem comentários:

Enviar um comentário