quarta-feira, 10 de agosto de 2011

racionalidade, ou talvez não .

... Divino ? Não lhe chamaria isso, há quem dê uma definição mais mórbida. Uns dizem ser fogo, outros gelo. Não sei ao certo qual seja a mais correcta, talvez tenham ambos razão. Poetas falam dela, alguns dizem-se irracionais, não pensando em mais nada. Mas porquê exactamente ? Serão os apaixonados irracionais ao ponto de fazer algo que não esteja correcto ? Perdemos toda a racionalidade no que se toca a isso. O facto é que fazemos coisas em que no nosso estado dito normal não faríamos. Alguns perdendo por completo o controlo de alguma situação menos desejada em que o tal esteja envolvido.

Assim é e assim será !
Cristiana Martinho

Sem comentários:

Enviar um comentário